Os desejos nunca acabam. Faz parte da natureza humana desejar cada vez mais.

Um desejo após o outro constrói – se uma rede genuína e construtiva de querer algo novo, antes não sentido ou vivido.

O mal uso do desejo gera um sentimento egoico. Como efeito desse sentimento surge a violência, a ignorância em face do outro ou da vida.

A construção do mal uso do desejo fez nascer a repressão sobre o desejo, traduzida em ciclos de prazer e dor.

O diferencial é – qual o uso de um desejo? 

Para responder a pergunta é necessário parar de julgar. Emitir um julgamento sobre um desejo é emitir um julgamento contra si mesmo.

Honre cada desejo que tiver! Honre os desejos do seu coração!

Daí surge a magia – a transformação – isto é, o desejo não se realiza na fonte de conquistas, objetos e status. Esses geram o vazio espiritual atrás da abundância.

O Desejo torna – se uma realidade quando visto como um caminho. Para tanto, faz – se necessário, quando o momento, desapegar de situações, coisas e, seguir o fluxo da Vida.

O desejo de ontem foi uma construção para o desejo de hoje. De construção em construção chega o momento de desejar uma Vida Superior! Sua Plenitude!

Gratidão!

Mauricio Teixeira

Canal do Youtube: Plenitude Para Todos

Instagram: @Plenitude_Para_Todos

WhatsApp: +55 11 998800186

Fanpage: @plenitudeparatodos

Grupo no Facebook: FULLNESS FOR ALL – PLENITUDE

Twitter: @FullnessForAll

 

Compartilhe com seus amigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter
Translate Site
Nossos seguidores
Arquivos